Segunda-feira, 17 de Janeiro de 2011

Eu perdoo-te sempre. Sempre e sempre.

'Por vezes dá-te na cabeça não me falares. Ignorares-me por completo. Passado uns dias está tudo bem outra vez, falas comigo. Ris para mim, e aí sim realmente sinto que me amas. No dia seguinte volta tudo a acontecer.E eu cada vez que passas por mim sem me falar sofro, e lentamente o meu coração vai-se partindo. Depois cai na calçada do meu caminho. E tu ainda o vais pisar cada pedaço, outra vez. Depois quando começo a sentir outra vez que me amas e que está tudo bem, levanto-me. Apanho todos os pedaços do meu coração e colo-os. Começo a sentir-me bem e feliz. Mas tu empurras-me e atiras-me para o chão. O meu sorriso vai-se embora e é trocado por lágrimas amargas que caiem pelo meu rosto pálido. Depois começa tudo outra vez. Como se fosse uma rotina. E quando penso que não me vais desiludir outra vez, ainda fico mais triste, porque desiludes sempre, sempre e sempre. Depois eu afasto-me de ti por uns tempos. De seguida pedes-me para me apróximar outra vez, para te perdoar, que não queres nem me querias magoar e eu acredito. Apróximo-me outra vez. Entre nós começa a haver confiança, lealdade e uma doce felicidade. Mas tu, tu que não és o meu verdadeiro D. , dás-me facadas nos coração, e eu volto a cair, a cair e a partir o meu coração, abrindo assim uma grande frida, outra frida. Alguém me dá a mão, e puxa-me. Levanto-me, e vou recuprando tudo o que me tiraste. Vou-me sentindo cada vez melhor, mas não totalmente feliz, não porque eu não te tenho ao meu lado. Depois vejo-te outra vez, completamente mudado. Vejo te, o meu D. o meu verdadeiro D. outra vez aqui. Puxas-me para o teu lado e eu deixo-me ir na tua conversa. Passo imenso tempo contigo, dias e dias, semanas e semanas. E depois quando eu preciso mais de ti, empurras-me para o chão outra vez, espésinhado-me o coração e roubando-me a alma. Eu com os olhos á beira de lágrimas encolho-me, escondo-me de ti e digo que nunca, mas nunca mais vou falar contigo, nunca mas nunca mais te vou perdoar, mas perdoo sempre, sempre e sempre. Sempre porque continuo a amar-te, não sei como apenas sei que te ainda amo. E que sofro contigo e sem ti.'

 

Quando eu pensava que tinha tido um dia pacato e normal. Ele ignora-me. E eu sofro. Outra e outra vez.

 

Com muito amor,

a vossa doce e triste mafa

sinto-me:
publicado por Mafa às 18:32
link do post | comentar | favorito
12 comentários:
De Daniela! a 17 de Janeiro de 2011 às 19:48
Nem tu imaginas como os teus dias são parecidos aos meus, em relação a isso.
É difícil, como eu te compreendo, mas por vezes temos de fechar os olhos a isso, e dar-lhe a entender que é ele que está a perder. Assim, ele vai perceber e aos poucos vai-se deixando disso.

Força, e beijinhoo (:
De Mafa a 17 de Janeiro de 2011 às 19:51
mas o D. não perde nada, nada e mais nada. eu nao sou simplesmente nada.
obrigado e igualmente : )
beijos
De nyssa a 17 de Janeiro de 2011 às 21:01
Por vezes o amor doí. Falta saber se vale a pena sofrer por ele (o amor)
De Mafa a 17 de Janeiro de 2011 às 21:39
podes crer :/
De Mag a 17 de Janeiro de 2011 às 21:36
Ele não te pode fazer isso!
Não podes deixar que ele te trate assim.
Ele vai pensar que tem pleno poder sobre ti, que faz o que quiser contigo. Que te pode magoar e acaba sempre por sair bem. Tens de fincar o pé. Eu sei que o amas e que isso torna tudo mais difícil, mas diz-lhe não.
Diz-lhe que só quando tiveres a certeza que ele mudou é que lhe voltas a falar. Deixa-o sofrer. Mostra-lhe que quem sabe és tu.

Provavelmente exagerei, mas eu já sofri o mesmo e aprendi que os rapazes depois habituam-se a magoar-nos e só nós conseguimos impedir.

Beijocas querida.
De Mafa a 17 de Janeiro de 2011 às 21:41
oh querida : )
obrigado por tudo : ) fizeste o comentário mais lindo do meu blog : ) ********
vou-te fazer uma plaquinha : ) obrigadooo querida a sério muito obrigado : )

tenho a mesma opiniao que tu e nao exageraste nada!
beijinhos : )
De Mαrgαs a 17 de Janeiro de 2011 às 21:42
Olá!!!
Todos nós temos que sofrer um pouco, faz parte da nossa vida...
Tens que ultrapassar isto... Vais ver, vais conseguir.

(Em relação ao comentário do blog, correu-me muito bem o meu aniversário, recebi umas botas estilo timberland, uma carteira castanha, algumas camisolas, um par de calças, um colete e dinheiro!!!)

Espero que fiques bem e enfrentes isto com facilidade!!! :D

Beijinhos, sweet
Margas*

De Mafa a 17 de Janeiro de 2011 às 21:45
OLá margas!

pois infelizmente sofrer faz parte da nossa vida...

ainda bem que foi bom querida : ) eu tambem tenho umas botas estilo timberland pretas eu adora-as!!!

obrigado querida : =
beijos
De Mαrgαs a 17 de Janeiro de 2011 às 21:47
De nada sweet!!! :)
Que tudo corra bem!!!

(As minhas são castanhas escuras)

Beijinhos, sweet
Margas*
De Mafa a 17 de Janeiro de 2011 às 21:48
também gosto das castanhas : ) mas eu nao uso muito castanho e por isso que comprei preto : P
De Mαrgαs a 17 de Janeiro de 2011 às 21:54
Cada um com os seus gostos!! :D

Beijinhos, sweet
Margas*
De Mafa a 17 de Janeiro de 2011 às 22:04
claro : P

Comentar post

Ich liebe...

Our love.
x x x
Welcome
Olá, bem-vinda ao meu blog. Espero que gostes. Aceito críticas construtivas. E até agradeço. Tem originalidade, peço-te para não copiares nada.